Blog em construção

20 de fev de 2011

As forças da vida: saiba quais são as quatro fontes que nos alimentam


Por Bruno J. Gimenes - sintonia@luzdaserra.com.br
(...)
Você até pode viver ilusoriamente sem conexão com a Fonte maior por algum tempo, até poderá sentir a energia do seu corpo físico fazendo você se movimentar e agir, mas se você não tiver um direcionamento ou uma bússola interior, os seus atos serão falhos e você viverá de forma mecânica.
A conexão espiritual abastece a energia do seu espírito, que é a sua consciência. Quando essa sua parte sutil absorve a vitalidade, ela é transmitida a todos os outros aspectos do se Eu, físico, mental e emocional. Portanto uma coisa afeta outra, um aspecto está ligado ao outro. Dentro dessa chamada alimentação espiritual temos a necessidade de alimentação pelo afeto.
Ninguém consegue viver em paz nesse mundo se não se sentir amado ou aceito entre os seus próximos. Queremos amor, queremos carinho, queremos colo, mas nem sempre solicitamos isso de forma direta. Nossos atos, nossas metas, nossos estilos de vida normalmente são voltados para a conquista de aceitação, reconhecimento e pela busca do amor dos demais, o que é normal quando desde que não se torne uma paranóia. Muitas pessoas, na busca incessante por essa energia da aceitação, do amor, acabam que se hipnotizando, portanto se fascinando na busca desenfreada desses sentimentos em outras pessoas. Nesse momento, se revela diante do indivíduo uma evidência óbvia: ele está buscando no próximo aquele sentimento que não encontra dentro dele! Podemos chamar esse evento de "falha de conexão".

Essa busca extrema só ocorre quando a pessoa encontra um vazio interior, que ela sem perceber decide preencher de forma equivocada. Sem consciência, ela fica viciada na busca por esses sentimentos e acaba paulatinamente tornando-se uma pessoa manipuladora, ciumenta, possessiva, vítima, egoísta. Mais uma demonstração da falta de conexão.
Uma pessoa conectada busca o amor do próximo, mas com liberdade, com leveza, sem cobranças, porque tudo deve fluir levemente. Ela não obriga ninguém a fazer nada, ela não cobra de ninguém uma ou outra atitude, mas ela recebe quando alguém tem amor, carinho e afeto para dar. Veja uma lista de simples práticas que podem ajudar muito:
- Aprenda a perdoar, mesmo que a outra parte não peça perdão. Entenda que a paz de espírito é o portal aberto para sua ligação com Deus. Pratique a gentileza em tudo que você fizer, seja solidário, mas não cobre que as outras pessoas sejam assim também, tenha paciência e ensine pelo exemplo;
- Mantenha o bom humor e harmonia emocional. Reze sempre, ao acordar, durante o dia, antes de dormir, mas saiba que prece mecânica não serve para nada;
- Medite e aprenda a serenar a mente. A cabeça agitada é um programa interno que nos mantém sempre desconectados de Deus. Jamais transfira a responsabilidade de ser feliz para outra pessoa.
- Expresse gratidão pela vida, por ser quem é, pelas pessoas ao seu lado e por tudo mais.
- Alimente-se equilibradamente na forma de alimentar-se das diversas fontes
.

Leia todo o artigo em:

***QUER MONETIZAR SEU BLOG? CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo. Expresse aqui sua opinião e após moderação ele será publicado.

Ocorreu um erro neste gadget