Blog em construção

29 de set de 2013

O prazer proibido da mulher


O documentário inédito “Clitóris, Prazer Proibido” explora o órgão cuja única função é proporcionar prazer às mulheres. Médicos, educadores sexuais, estudiosos do comportamento e mulheres em geral dão depoimentos sobre o tema.

Por séculos, o clitóris conseguiu a façanha de aparecer e desaparecer diversas vezes. O primeiro anatomista a fazer referência a essa parte do corpo feminino foi Ronaldo Columbus, em 1559, quando o descreveu como a “cidade do amor”. O filósofo francês René Descartes, 100 anos depois, achou que tivesse feito a descoberta. Para ele, sem o prazer clitoriano, as mulheres não se submeteriam à maternidade. Mas depois disso, o clitóris caiu no esquecimento por muitos anos, até que em 1884, George Cobald publicou uma série de desenhos que não poderiam mais ser negligenciados pela ciência.

Uma das entrevistadas no documentário é a médica Helen O´Connell, pesquisadora de Melbourne considerada uma das especialistas em clitóris. Ela explica o funcionamento do órgão e afirma que não há um “ponto G”. Segundo a entrevistada, o clitóris é maior do que se pensa, e está ligado a todo orgasmo feminino.




Fonte: http://videos.blog.br/clitoris-prazer-proibido-documentario/ ***QUER MONETIZAR SEU BLOG? CLIQUE AQUI

3 de mai de 2013

Você usaria uma camisa por três meses sem lavar?



A camisa ideal para quem tem pouco tempo para lavanderia é a Wool&Prince, uma camisa de lã que não precisa ser lavada durante três meses. Segundo os fabricantes, essa habilidade maravilhosa (que soa falsa) é possível graças a propriedades do tecido feito de lã selecionada.

Segundo Mac, o criador da camisa, ela é projetada em Bristol (Reino Unido) e fabricada em Xangai (China). Veja algumas de suas explicações para as incríveis capacidades do produto (ou mais especificamente, da lã da qual ele é feito):

a lã é 6x mais resistente que o algodão. As fibras se partem depois de serem dobradas 20.000, enquanto o algodão resiste a 3.200 dobradas;
o tecido feito de lã é resistente a enrugamento por que ela conserva a sua forma;
a resistência a odores explica-se pelo fato do suor não ter odor e, como a lã permite que ele evapore rapidamente, a ação das bactérias que produzem o mau cheiro é impedida;
finalmente, a lã serve de isolante térmico e troca umidade com o ambiente, mantendo o conforto tanto em baixas temperaturas quanto altas temperaturas.

Outros fatos da “ciência da lã” podem ser conferidos no site da camisa.[io9, Gizmodo,CoolMaterial]
***QUER MONETIZAR SEU BLOG? CLIQUE AQUI
Ocorreu um erro neste gadget