Blog em construção

12 de dez de 2010

Obsessão Espiritual: Uma Questão de Saúde Pública


______________________________________
Por Osvaldo Shimoda


A obsessão espiritual, como enfermidade da alma, não decorre da ação patogênica de nenhum microorganismo conhecido pela medicina, mas sim de um agente etiológico jamais imaginado pela Ciência, que é o próprio Ser Humano.
Aproveitando-se de seu estado de invisibilidade, o espírito obsessor desencarnado (desafeto do paciente, hoje seu algoz, pois no passado foi sua vítima, portanto, foi prejudicado por ele) é movido a ódio e desejo de vingança, e se utiliza de todos os recursos possíveis e inimagináveis aos olhos de um encarnado para prejudicá-lo, tirando até mesmo a sua vida.

Num artigo anterior "Você sabe quando está sendo assediado espiritualmente?", esclareci que a maioria de meus pacientes não percebe que está sendo assediada espiritualmente, tal o grau de sutileza dessa grave enfermidade da alma. Foi através da observação sistemática em meu consultório, ao conduzir mais de 8000 sessões de regressão, que cheguei à conclusão de que 90% de meus pacientes tinha uma causa espiritual, uma obsessão espiritual, na gênese de seu(s) problema(s), e apenas 10% a causa era puramente psicológica, não havendo, portanto, nenhuma interferência de ordem espiritual.

Continue lendo AQUI

Mas não coloque a culpa apenas no obsessor: ela também é sua

É comum uma pessoa se motivar em busca da  espiritualidade porque experimenta um período de calamidades emocionais, crises financeiras e existenciais, quando tudo dá errado. Nesse instante não dá realmente para ignorar que tem algo estranho acontecendo. Além disso, muitas vezes o indivíduo adoece, sendo acometido por dores fortes e outras complicações físicas. Literalmente, o mundo caiu.
 Leia o artigo de  Bruno J. Gimenes   

O amor do chakra umbilical
por Mauro Kwitko 

Aqui na Terra é um lugar onde geralmente viemos para sofrer e a causa principal, original, do sofrimento é o Egoísmo no qual entramos desde que Deus nos criou e nos colocou aqui nesse planeta. Aí criamos nosso Ego e começamos a sofrer.




Mas o sofrimento é apenas uma lição. 


Encontre a vítima e a liberdade...
Rubia A. Dantés

Percebi como somos vítimas naqueles pontos onde as coisas não conseguem fluir e não conseguimos entender porque... Seja uma doença, uma situação desagradável, ou qualquer outra coisa que nos deixa nessa incômoda posição, que erroneamente pensamos que não podemos fazer nada... Queixamos com um... com outro... e nem percebemos que a vítima está se manifestando...
Quando assumimos a responsabilidade por tudo que nos acontece, não somos mais vítimas de nada... Mas, quando a vítima está tão escondida que nem notamos, ela pode ir atuando e roubando nossa energia e a de todos que escutam as lamentações...
Conclua sua leitura AQUI
***QUER MONETIZAR SEU BLOG? CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo. Expresse aqui sua opinião e após moderação ele será publicado.

Ocorreu um erro neste gadget